Política

Livro discute proteção ao meio ambiente no sistema prisional

A “Proteção ao Meio Ambiente Ecologicamente Equilibrado no Sistema Prisional Catarinense” é o tema do livro publicado pela advogada e mestre em Ciência Jurídica, Direito Ambiental e Sustentabilidade Jessika Milena Silva Machado, na coleção “Direito, Meio Ambiente e Sustentabilidade”, da editora Habitus.

A reflexão surge a partir da necessidade de ações diante de um crescimento da população carcerária de Santa Catarina, que ultrapassa 22 mil detentos. “A proposta é analisar se o sistema prisional colabora com a proteção do meio ambiente, por meio de ações sustentáveis diárias, como coleta seletiva de lixo, compostagem, reaproveitamento da água da chuva, reciclagem de resíduos, plantação de alimentos para consumo próprio, entre outras possibilidades”, afirmou Jessika.

A coleção, organizada pelo juiz federal e professor Gilson Jacobsen e pelo advogado e professor Marcelo Buzaglo Dantas, é composta por 25 volumes, a partir de dissertações de mestrados produzidas por profissionais do Direito e tratam de questões do Direito Ambiental, Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Sobre a autora

Jessika Milena Silva Machado é natural de Florianópolis e advoga na região Sul de Santa Catarina. É graduada em Direito, pela Unisul; especialista em Direito Público e Direito Aplicado, pela Furb; mestre em Ciência Jurídica, pela Univali; e mestre em Direito Ambiental e Sustentabilidade, pela Universidade de Alicante, na Espanha. Também é autora da obra jurídica “A Constitucionalidade do Regime Disciplinar Diferenciado”, lançada em 2016.

Flor
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

destaques

To Top